Your favorite song!

18 out

 

Tem vezes que se a gente parar e ver onde está se surpreende, os planos de três anos atrás já não fazem mais tanto sentido, os lugares que antes eram os melhores já ficaram para trás, substituídos por novos, bandas sumiram, bandas apareceram, trocamos o cabelo, a maquiagem, pessoas, amores… nos reinventamos!

Ao mesmo tempo, em todo esse transitório caminho, alguns poucos (pra não dizer únicos) caminham ao nosso lado, como nossa música favorita, que jamais conseguiríamos substituir, enjoar, ou deixar de ouvir. Que acompanha nos momentos bons, mas conforta e nos faz sentir melhor nos ruins.

Geralmente essas ‘músicas’ chegam de forma inesperada, te conquistam de leve e, de repente, você se pega cantarolando-as enquanto rega as plantas. Pronto! Você já está baixando, colocando no iPod e mostrando para todo mundo, ao mesmo tempo em que sorri por dentro por saber que ela é sua.

Ninguém te completa tão bem quanto a sua música preferida, parece sob medida, de presente e, por mais que outras pessoas possam ouví-la não fará tanto sentido quanto faz pra você. Nem por isso vocês vão viver coladas, as duas precisam de espaço. Você precisará ouvir outras músicas e ela tem que ser apreciada por outros, não que isso vá diminuir a ligação de vocês, pelo contrário, mesmo com tudo e com todos, vocês sempre terão espaço uma para a outra, sempre.

Ela vai tocar no seu casamento, em uma noite de bobeira no sofá e, daqui há anos, provavelmente vai ser mostrada para seus netos, com várias histórias engraçadas… bonito não? Ninguém vai te conhecer tão bem, aliás se eu conheço bem minha música preferida ela deve estar lendo isso (em suas visitas de leitora presente) com suas covinhas lindas. Então, compre novos CDs, escute novas rádios, mas mantenha seus clássicos, eles sempre valem a pena.

Anúncios

Atrasos

16 out

Olá gatinhas assanhadas, vim aqui, com uma foto bonitinha pra pedir mil e uma desculpas pela minha ausência, mas ultimamente tudo conspira contra os posts, note estragou, internet parou de funcionar, minha câmera passou alguns dias hospedada na  casinha da Fê…  ai essas recalcadas colocando inveja no Girls ahsuashasuas. Enfim, provavelmente até o final da semana vocês não verão posts meus por aqui, já que o técnico que está arrumando o pc ainda não me deu previsão de quando ficará pronto (a não ser que uma daquelas marcas cheias de amor me mande um para testes aushash). 

 

É isso meninas, não é porque eu não quero, estou com vários posts e fotos prontas, porém sem poder postar, espero que entendam e continuem nos acompanhando.

XOXO

PS. a foto do post é de um lugar super legal que eu visitei nesse feriadinho, em breve posto as outras ok?

Tendência: Cap Toe

6 out

Hey girls, hoje vim falar pra vocês sobre uma tendência que começou de forma sutil, com algumas famosas em determinados red carpets e, em seguida foi parar nos pés de váárias fashionistas por aí, o Cap Toe aquele sapato com o bico diferente conquistou e vem conquistando várias pessoas por aí. Seja nas versões  mais discretas com o biquinho preto, ou nos trabalhados em neon, spikes, brilhos e metalizados é uma boa pedida para quem quer usar um sapato clássico como o scarpin, mas ao mesmo tempo ousar. Vamos ver como se combina?

Uma das combinações mais simples é com o nosso velho e querido jeans. Aposte em calças mais sequinhas (dobradinhas então fica um charme), já na parte de cima pode colocar volume (como os suéteres de lã das duas primeiras moças, ou o casaquinho amarelo super descolado da terceira). No caso de peças bem escuras, ou leggins e calças de couro seguem mais ou menos as mesmas dicas só, se quiser ser phyna e absoluta, combine com tons mais nudes, mas, se quiser alegria, se jogue nas cores. Todos ficam lindos!

Agora, devo confessar que depois de muito fazer cara feia, me apaixoneeei pelas calças coloridas e comibinada com o cap toe então fica lindo!! Por ambos serem peças mais ousadas, combine com camisas em tons fortes ou sóbrios.

Agora vamos falar de saias!!! Amo/sou saias rodadas com volume e com o cap toe fica tão romântico, tão cute cute… sem mais argumentos. Deixo as fotos falarem por mim aushaus

Mas não sejamos más com as saias justas, elas também ficam lindas e se forem curtinhas dão uma boa alongada nas pernas, mas na parte de cima opte por modelagens e tons mais sóbrios, para não correr aquele risco tão temido de parecer piri pipiri piriguete caricata.

É isso meninas, com ou sem perninhas de fora apostem nessa tendência. Eu já tenho o meu e já combinei com vários looks, bem diferentes um do outro.

XOXO

Look do dia

5 out

Hello girls, demorei pra postar graças a minha fotógrafa que não me passava as fotos (thanks Mary, I love you). Esse look eu usei na quarta para sair pra jantar com algumas amigas e é aquele típico caso onde uma roupa se transforma em outra com poucos acessórios.

De tarde saí às pressas para o trabalho só que não voltaria mais em casa até de noite, então precisava de algo que se adaptasse aos dois ambientes. Coloquei uma das minhas t-shirts favoritas bem larguinhas, um jeans e um all-star. Para sair à noite, apenas acrescentei esse casaquinho achado da minha vida (vocês nunca vão imaginar o quanto eu paguei por ele, mas dou uma dica é menos de R$20,00 R$19,90) todo dourado, que não precisa de mais nada para brilhar (literalmente). Troquei o tênis por um saltinho básico e caprichei no batom vermelho.

 

 

É isso meninas, vocês usariam? Obrigada à minha fotógrafa do dia, espero poder te ter mais vezes aqui amiga ^^

XOXO

 

I’m yours

2 out

É engraçado como certas pessoas e situações acontecem de repente, quando a gente menos espera e mesmo assim acabam marcando. Eu estava lá, em uma nova cidade, com alguns amigos e cercada de novas pessoas, esperando me divertir com elas e aproveitar os três dias de – merecido – descanso. Você já estava lá há tempos, era sua escola, seus amigos, sua cidade e a correria de ser organizador de um evento.

Você chegou falando sobre coisas casuais, desde o início implicando comigo e com meus jogos e eu, como sempre, revidando. Embora fosse divertido implicar (e foi assim até o último momento que nos vimos) não precisou de muito para ver o quão doce você era, chegando e saindo rapidamente, me ensinando a jogar capoeira (mesmo eu estando de salto alto) e a imobilizar pessoas que estavam apenas cumprimentando (você sabe que eu nunca vou aprender como se faz aquilo, não sabe?).

Conversamos sobre várias coisas, a falta de tempo, a diferença das nossas cidades, você me contou um pouquinho sobre a sua vida, eu te falei um pouquinho sobre mim, sobre dança, equipes, você riu e continuou me desafiando, com a promessa de que só acreditaria se visse. Eu mostrei e pude te ver sorrindo para mim, com seu rosto meio de criança, dizendo que nunca teria coragem de se apresentar em público e não o fez.

Mesmo assim, no meio de todas aquelas pessoas que estavam lá, fui a única (tirando as pessoas que passavam) que te ouviu cantar, com um violão semi-desafinado (que você tentava a todo custo arrumar), olhando nos meus olhos. Eu poderia estar lá até agora, ouvindo você tocar minhas músicas favoritas totalmente por acaso. Sempre tive uma ligação muito forte com músicas e pessoas e, pode apostar que cada vez que eu ouvir os acordes iniciais de I’m yours vou acabar lembrando de você.

Nos despedimos com um abraço apertado e eu queria ter pelo menos mais um dia. Não tive, mas te agradeço pelos momentos que, como típica escritora, provavelmente usarei em alguma outra história além da nossa, ou só (só?) por marcar uma das minhas músicas favoritas de uma forma tão despretensiosa, como tinha que ser.

Red Carpet Emmy 2012

25 set

Hello girls, como vocês já devem estar cansadas de saber, ontem foi dia Emmy e com ele um dos últimos e mais esperados red carpets da temporada. Devo dizer que não estava esperando muito dos looks, já que as últimas premiações não foram nada inovadoras (tanto que eu chegava a salvar as fotos e depois ficava com preguiça de postar, achando que elas não iriam acrescentar em nada). Mas isso é passado, hoje temos um post recheado de looks de bom gosto, super inspiráveis para o próximo evento de gala que tivermos nas nossas agendinhas.

Iniciamos os trabalhos com os pretinhos – nada básicos – escolhidos pelas celebs. Glenn Close escolheu um longo com transparências e rendas, pra ser mais ‘vestido de senhorinha’ meia manga, achei bem clássico e bonito. Mais uma das que se jogou no pretinho transparente foi January Jones, agora me diz se o sinônimo de perfeição não é algo parecido com esse vestido? Ficou lindo, perfeito, parece até que foi feito no corpo pra ela (será? Invejinhaa!). Amy Poehler optou por um modelo brilhoso, mas achei que o corte desfavoreceu, um decote mais estruturado, uma cinturinha marcada provavelmente resolveriam o problema.

Mais um pretinho, porém mesclado com branco. Quando vi esse look da Edie Falcov pela primeira vez gostei, daqui a pouco olhando de novo achei feio, depois achei bonito de novo e é nesse ponto que parei de pensar, é um modelo que alonga o corpo e o cinto dourado (super tendência) parece combinar perfeitamente. Emilia Clarke escolheu um modelo exótico misturando a estampa floral, com camadas de tecido branco nas laterais e não sei se é esse dia de sol lá fora que está me fazendo ser uma boa pessoa, mas achei o modelo bem simpático. Não usaria, mas nela ficou gracinha e é isso que importa. Jessica foi a mais clássica, com um longo todo branco, daqueles que não tem como errar, arrematou com um cintinho preto e era isso: não é o melhor da noite, mas não desagrada agrada a quem olhar.

As premiações vão passando e eles já são presença confirmada, tanto quanto os modelos pretos. Os tons de nude mais uma vez marcaram presença. Amanda Peet optou por uma tonalidade mais aberta, misturada com renda, se eu pudesse mexer em alguma coisa seria no ajuste, daria uma apertadinha na cintura, para dar mais desenho ao corpo, com certeza ficaria mais bonito. Com Emily VanCamp seria o contrário, amei o material, o corte, as texturas, mas a cor… que coisa mais sem graça! Imaginem em um tom de vermelho, ou até em preto mesmo e vejam se não ficaria melhor. Sarah Hyland super cute em um vestido bem menininha. Amei, na TV ele tinha ainda mais brilho do que na foto, trocaria esse penteado, mas como o vestido conquistou, deixamos isso de lado.

Continuando nos tons claros e brilhantes, Christina Hendricks derrapou feio na escolha. O modelo escolhido por ela (que ao vivo parecia dez vezes pior do que está na foto) evidenciou suas curvas, mas não de um jeito positivo, parecia que ela estava amassada e espremida ali dentro, não gostei nada, nada. Jane Krakowski escolheu um modelo todo trabalhado no paetê, mas faltou algum detalhe no peito, uma sustentação, mesmo que ela tenha pouco ou quase nada iria bem, obrigada! Kristen Wiig nem parecia estar indo para o mesmo lugar das outras colegas, mas achei esse modelo tão bonito, pra ser madrinha de um casamento na praia seria lindo.

E agora vamos falar de cores, o azul foi uma das cores que mais marcou presença na premiação (junto com o amarelo que falaremos depois), seja em tons mais claros e abertos, ou mais fechados o pessoal tem apostado bastante. Heidi Klum linda e perfeita com esse modelo claro, fluído e ao mesmo tempo super sexy com essas fendas gigantes combinadas com decotão (amo, quero, necessito), tudo isso sem ser vulgar. Zooey Deschanel parecia uma  princesa fugida da Disney, na TV era mais bonito, mas babei com esse modelo (ai se eu ainda não tivesse feito 15). Falando em babar me aparece Julianne Hough com esse modelo sou a sereia mais gata do fundo do mar. Junção perfeita de cor, brilho na medida certa, modelo ajustado para o corpo… Só amor.

Juntando duas cores que eu só tinha usado em maquiagem até hoje, me aparece Hayden Panettiere. Amei essa mistura de dourado com azul e a leveza do transpassado dos tecidos é algo que deixa o look leve… Sofia Vergara exalando sensualidade latina com esse modelo que já chamaria atenção por si só, com essa cor de paetês lindaaa de viver pra sempre, não satisfeita ainda tem um bom decote pra chamar de seu, diva! Agora, como nem tudo são flores, Nicole Kidman. Que vestido é esse? Da cintura pra cima tava tudo lindo, agora pra baixo… Nem sapato, nem make, nem nada.

Lena Dunhan escolheu um modelo de renda mais pesada e achei que o look realmente pesou demais. Tina Fey ficou lindíssima com esse tom de violeta, acho incrível como essa cor realça peles claras, sem falar no super – e lindo – decote. Michele Dockery não me agradou muito com esse tecido ‘molhado’ e nem vou me dar ao trabalho comentar essa tulezinha preta no decote.

E o sol brilha no red carpet! #trocadilhoidiotafeelings Mas que é inegável é, o amarelo veio com tudo no outono/inverno 2012 e pretende continuar no verão. Julie Bowen arrasou com esse modelo justo, meio cítrico, amei de paixão. Pena que não posso dizer o mesmo de Julianne Moore, nada bonito esse modelo amarelo de mangas compridas, sem decote, nem nenhum detalhe que o faça valer a pena. Claire Danes parece que colocou um saquinho de batatas e saiu de casa. A ouvi dizer que era um look confortável que abrigava sua barriguinha de grávida muito bem, mas isso não é desculpa né meninas? Já cansamos de ver grávidas lindíssimas e bem vestidas por aí.

Kelly Ousborne conseguiu um ‘combinadinho’ que poucas conseguem fazer e acertar, tom do vestido, com o tom do cabelo. Amei esse tom, modelos e textura do vestido, que ficou bem ajustado ao corpo. Leslie Mann arrasou com esse modelo mais artesanal todo bordado em cima, combinado com o mostarda vibrante na parte de baixo (quero pra mim, pra ontem). Padma Lakshmi é mais uma que tinha o modelo certo, mas a cor atrapalhou (longo e laranja não combinam muito na minha cabeça e até hoje não me provaram o contrário).

Uma das cores que eu mais amo para vestidos é vermelho e por mais que o tapete também seja dessa cor, o vermelho sempre faz as belezas serem ressaltadas. Kat Dennings estava impecável com esse tom mais fechado e devo dizer que esse decote estruturado pra quem tem muito busto me fez reacreditar nos tomaras que caia (quero pra mim a-g-o-r-a!). Julia Louis optou por um modelo mais clássico, porém lindo!! Adorei os ‘transpassamentos’. E como toda regra há excessão, Gretchen Mol foi lá e estragou minha teoria cheia de amor sobre os vermelhos, ao usar essa toalha de natal enrolada no corpo.

Por último, mas não menos importantes, os modelos metálicos também vieram com tudo! Connie Britton só não me conquistou por esse decote. Lucy Liu estava LINDA e perfeita com esse modelo todo de metais, achei chiquérrimo! Kerry Washington ficou gata, mas podia ter dado uma arrumadinha no cabelo né?

E vocês, assistiram a premiação? Quais foram os looks preferidos?

XOXO

PS. Esse post foi feito hoje à tarde, mas a falta de internet + correria pra viajar amanhã de manhã (ainda nem arrumei a mala) não deixaram eu vir antes.

Esmalte da Semana

23 set

 

Dominguinho preguiçoso é dia de esmalte da semana. Sabe aquele dia em que você olha pra uma pilha de esmaltes e não consegue encontrar nenhum que lhe agrade? Pois é, esse é o dia das misturas. Fazia tempo que não colocava roxo nas unhas (de tanto usar acabei enjoando), mas as duas cores eram tão sóbrias que achei que valia voltar a usar.  E amei!!

Vamos às cores: Violeta Chic! (da coleção ‘Tem que ter’) e Violeta Acinzentado (da linha Fast Fashion), ambos da Risqué.

Vocês curtiram gurias?

XOXO